Posso ou não ter uma proteção veicular?

Antes de mais nada, já adiantamos que você pode, sim, contratar uma proteção veicular mesmo com o nome negativado. Apesar de algumas cooperativas poderem recusar o seu pedido, elas necessitam apresentar uma justificativa sólida por escrito para tal. Além disso, caso não tenha sucesso com uma empresa, certamente há outra com condições mais flexíveis.

A AVR Benefícios, por exemplo, é uma cooperativa de proteção veicular que não faz consulta ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) ou ao Serasa. Diferentemente das seguradoras que aprovam o seguro de carro somente após análise detalhada de fatores vinculados ao seu perfil, os quais podem facilitar ou não a aprovação, as cooperativas de proteção veicular são facilitadoras que asseguram benefícios sem burocracia. 

Só para ilustrar, para a contratação de um seguro tradicional, não apenas o histórico financeiro, como também a idade, os antecedentes relacionados à direção, como as infrações, e a localização principal de uso do veículo são observados durante a avaliação e impactam diretamente sobre o preço. Por outro lado, para contratar uma proteção veicular com assistência 24 horas não é necessário nenhuma análise do perfil dos condutores ou da localidade.

 

Qual a diferença entre seguro e proteção veicular?

Primeiramente, a diferença fundamental entre o seguro e a proteção veicular é a natureza das entidades que os fornecem e o gerenciamento de custos. Seguros são fornecidos por seguradoras, que são empresas privadas com fins lucrativos, ao mesmo tempo em que a proteção veicular é fornecida por cooperativas priorizando custos menores para seus membros

No primeiro exemplo, a seguradora assume a responsabilidade pelo risco, e os clientes têm a opção de pagar o seguro à vista ou parcelado. 

Já no segundo exemplo, os custos de serviço são rateados entre os membros, havendo contribuições mensais rateadas entre os membros para cobrir as despesas futuras.

Atraso de mensalidades 

Se após conseguir contratar a proteção veicular houver atrasos nas mensalidades, há a probabilidade de a cooperativa encerrar o contrato. No entanto, você possui o direito de ser informado ou informada sobre as possibilidades de negociação antes de uma medida mais drástica ser tomada.

De qualquer modo, em caso de sinistro durante a inadimplência, as cooperativas costumam cobrir os danos para não prejudicar os membros. Por exemplo, a AVR Benefícios garante todas as coberturas mesmo que os cooperados estejam com até 5 dias de atraso. No entanto, essa política pode variar entre diferentes cooperativas.

Por outro lado, as seguradoras tradicionais não oferecem essa vantagem. Elas costumam recusar a indenização se houver sinistro enquanto as parcelas estiverem em atraso.

 

Ainda que o seu nome esteja negativado, recomendamos pesquisar mais sobre as oportunidades para proteger o seu veículo. Afinal, o trânsito está cercado de imprevistos que podem te trazer graves prejuízos. As cooperativas de proteção veicular são alternativas seguras para quem está negativado ou negativada, porque são facilitadoras do serviço.

 

Converse com a nossa equipe e tire suas dúvidas sobre o tema. Será um prazer te auxiliar nessa jornada!